Geração de Conteúdo: você está fazendo isso certo?

Acompanhe mais dicas para sua empresa gerar conteúdo relevante com qualidade e criar um relacionamento de credibilidade com seu público alvo. Vale a pena conferir!

Que tipo de conteúdo sua empresa gera? Interno? Externo? Institucional? Promocional? Todos esses tipos? E qual é o fluxo de atualização dos seus canais? Como você está se relacionando com seus clientes? Leia o artigo a seguir, extraído do site Quartel General e livremente editado pela equipe de Geração de Conteúdo da Iva, leia as dicas e descubra se sua empresa está produzindo conteúdo da forma correta para gerar novas oportunidades e fidelizar seus clientes. 

“O mercado de marketing digital em todo o Brasil, está em crescimento acelerado, porém as agências ainda estão tendo dificuldades em inserir na sua cultura a influência digital. Os usuários da internet sempre estão procurando por produtos e/ou serviços online, cerca de 80% dos internautas procuram estes serviços através dos mecanismos de busca, como o Google, por exemplo. Então se você quiser aparecer nos resultados destes mecanismos de busca você tem que ser relevante, e para isso acontecer, você e a sua empresa tem que produzir conteúdo relevante. Lógico, que além de um bom conteúdo outros quesitos também contam na hora do rankeamento nos resultados de busca orgânica, como técnicas de SEO. Mas vamos falar sobre o conteúdo.

O que você escreve é o que o usuário procura. O interessado no seu serviço não vai entrar no seu site e comprar o seu produto de imediato, primeiro, ele vai conhecer o seu estabelecimento, procurar comentários sobre o serviço ou produto que você fornece e, principalmente, ver o que você produz e o que você sabe sobre o mercado em que atua.

Não adianta apenas fazer propaganda da sua empresa, as pessoas não se interessam por propagandas. Uma prova disso é o seu próprio hábito, reflita: Quando você está assistindo a um programa na televisão, escutando uma rádio ou vendo um vídeo no Youtube, você assiste às propagandas ou muda de canal na TV, sai da frente do aparelho e aproveita para fazer alguma coisa, muda de rádio e pula o anúncio do Youtube?! Isso mesmo, a maioria das pessoas não assiste às propagandas. Ok, quase ninguém assiste a anúncios a não ser que esteja interessado em comprar o que está sendo anunciado, agora você deve estar se perguntando: E aí, como gerar conteúdo relevante nas mídias digitais?!

O que é um conteúdo relevante?!

Conteúdo relevante é aquilo que você escreve relacionado com a sua área de atuação no mercado. Um bom conteúdo requer pesquisa, conhecimento sobre o assunto, um bom SEO nos bastidores, e um assunto interessante e envolvente para que quem estiver lendo se interesse pelo texto e tenha vontade de lê-lo até o fim. Assuntos internos da empresa, assuntos hits, ou seja, aqueles que estão em alta nos meios de comunicação, que tenha a ver com a sua área, e assuntos interessantes para o seu público alvo são conteúdos relevantes nas mídias digitais.

Primeiro passo

O primeiro passo para ser encontrado na rede através do seu conteúdo é conhecer e decidir em que mídia social a sua marca vai estar e traçar um objetivo para cada um destes canais. Desde o público alvo até a quantidade de engajamento que quer conseguir, de curtidores, no caso de uma fanpage, de seguidores no Twitter, etc.

Fluxo de conteúdo

Além de você decidir em qual rede vai estar e qual o objetivo da empresa entrando nestas redes, você também tem que analisar, a partir do seu público alvo, como vai compartilhar o seu conteúdo. Se você vai usar uma voz informal ou formal, em primeira ou terceira pessoa, no gênero masculino ou feminino e se, o conteúdo será grave ou fofo, e todas essas decisões são tomadas de acordo com o seu objetivo, como você quer que as pessoas vejam a sua empresa na rede social. Vale ressaltar que as redes sociais funcionam por meio de atualizações, ou seja, um fluxo contínuo de informações geradas pela instituição ou pelo usuário e, este fluxo ou frequência mudam de acordo com a rede.

Quantidade de postagens nas mídias sociais

Não adianta ficar enchendo o seu seguidor ou fã de postagens de minuto em minuto, não é quantidade de posts que vai indicar se o seu conteúdo é bom ou não, porém, não tem um número exato de postagens por dia, por semana, ou por mês. Esse número varia em relação ao seu setor de atuação. Por exemplo, se a sua empresa for uma agência de notícias, lógico que a quantidade de posts vai ser grande, pois, se uma notícia nova aparecer a cada hora, a sua frequência de postagem será a cada hora. Já uma loja de luxo, como a Channel, só posta uma a três vezes por semana. Ela não precisa ficar postando com uma maior frequência se já consegue alcançar o seu objetivo com um a três postagens por semana. Então vamos ficar atentos em relação a este número, aqui não tem segredo ou fórmula, faz parte do bom senso e do conhecimento em relação a seu cliente e púbico alvo.

Conteúdo interno e externo

Os conteúdos compartilhados nas mídias digitais podem ser de dois gêneros: internos e externos. É interessante que a empresa consiga explorar os dois tipos de forma criativa, inteligente e envolvente para o usuário. Os conteúdos internos são relacionados aos acontecimentos da empresa e aos seus colaboradores, deixar o seu cliente ciente de um evento interessante que esteja acontecendo na instituição é válido nas mídias sociais. Já os conteúdos externos são aqueles links de outros sites que agregam conteúdos para a sua empresa, ou seja, se você vir um conteúdo legal de alguma publicação do mercado (revistas, jornais, portais, blogs), que tenha a ver com a sua área de atuação, você pode compartilhá-lo com o seu usuário.

Conteúdo Institucional e promocional

Outros dois tipos de conteúdo também são o institucional e o promocional. O primeiro corresponde às coisas da empresa, conteúdo sobre o que é a empresa e etc. são institucionais. Já o conteúdo promocional é referente a datas comemorativas, por exemplo, e qualquer assunto desse gênero.

Programa de resposta: Relacionamento

Tudo na rede é relacionamento. Você não pode ficar postando diversos conteúdos se não se relacionar com o seu cliente, ou seja, você não pode ficar falando sozinho na rede social. Então, a partir disso, a sua empresa tem que ter um programa de resposta. Um programa de resposta é essencial para criar engajamento com o seu cliente. É importantíssimo que a empresa se preocupe em responder o usuário o mais rápido possível, no máximo, em 24 horas, o quanto antes melhor. Vale ressaltar também que o programa de resposta tem que ser coerente com a voz que você escolher para compartilhar o seu conteúdo, aliás, não só o programa de resposta, mas todo o conteúdo que você fizer tem que linkar com a voz escolhida. Você tem que determinar isso, para o seu público alvo se acostumar com a sua marca, lhe diferenciá-la das outras”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *