Redes sociais e Mercado B2B: investir ou não investir? Eis a questão.

Entenda porque mesmo com o boom das redes sociais investir neste tipo de marketing ainda não é uma prioridade no business to business.

O Marketing Digital tem causado grande revolução no cenário mercadológico mundial. Isso porque tem se mostrado ferramenta essencial para a captação de novos leads, valorizando e cultivando a interação empresa-cliente.

ivab2bmkt

Porém, para determinados nichos de mercado como é o caso do B2B, pegar carona nesta revolução não será necessariamente um tiro certeiro. Pode até parecer controverso e você deve estar se perguntando como chegamos a esta conclusão e nós vamos explicar.

Em entrevista recentemente concedida ao portal HSM, a referência mundial em marketing, Philip Kotler, afirmou que a revolução trazida pelo Marketing Digital das Redes Sociais ao mercado apresenta uma nova forma concreta de as empresas obterem sucesso nos negócios e que vale apostar na interatividade como forma de estabelecer um relacionamento de troca com seus clientes. Até aí nenhum indício de que utilizar o marketing nas redes sociais seria ruim para a saúde dos negócios, muito pelo contrário, certo?

Ocorre que, junto com a perspectiva de usar o marketing nas redes sociais como uma excelente estratégia para garantir o sucesso dos negócios, Kotler deixa bem claro a ideia de que, é preciso ter cautela e apostar nele de forma dosada e consciente para que os erros não sejam maiores que os acertos e aquilo que poderia servir como uma alavanca possa trazer resultados negativos a sua empresa.

De acordo com o Diretor Executivo da Iva, Carlos Salinas, o investimento em marketing nas redes sociais ainda é uma incerteza para o mercado B2B. “Quem trabalha com vendas B2B e observa o atual cenário mercadológico percebe que o investimento em marketing nas redes sociais não deve ser uma prioridade. Como o próprio Kotler nos aconselha a ter cautela e avaliar os resultados ao invés de investir pesado, isso significa que não temos um histórico que comprove a eficácia do marketing digital deste nicho de mercado”, comenta.

O fato de uma empresa B2B não demandar a priorização do marketing nas redes sociais não anula a necessidade de uma identidade digital e sua presença/posicionamento na internet, por exemplo. Afinal de contas ela é um meio essencial para a expansão dos horizontes empresariais em termos de presença e consequentemente para a geração de novos negócios.

O ideal segundo Kotler é que as empresas adotem uma postura nova diante do marketing e trabalhem o marketing tradicional de forma integrada com o que é feito nas novas mídias e que invistam e acompanhem os resultados desta experiência e, em caso de

Caso você esteja pensando nos prós e contras da utilização do marketing nas redes sociais, veja algumas dicas de reflexão que sucesso, invistam mais gradativamente, pois ir com muita sede ao pote pode acabar atrapalhando uma boa estratégia de marketing. “Não coloque publicidade tradicional e rede social em departamentos separados. A química entre eles é necessária”, afirma Kotler.

o próprio Kotler compartilhou durante a entrevista para que sua empresa possa utilizar as redes sociais de forma eficiente:

• Como as mídias sociais afetam sua marca?

• Quanto do orçamento você deve transferir para as mídias sociais?

• Quais mídias sociais serão mais benéficas para sua empresa em termos de custos e de engajamento do cliente?

O especialista em Marketing ainda chama a atenção para o seguinte: “A sua marca é de propriedade dos consumidores, ela seria sua se você tivesse 100% de controle dela, mas os clientes têm de 70% a 80 % deste controle porque eles falam do seu produto e serviço para outras pessoas”. Este é um ponto que requer uma boa reflexão, afinal de contas, o objetivo é encontrar a melhor forma para entender o comportamento das empresas B2B diante deste novo cenário mercadológico.

Não podemos afirmar por A+B a eficácia do marketing nas redes sociais para o mercado B2B e tampouco que ele é de tudo ineficiente, pois entendemos que é a experiência com tal ferramenta que irá dizer se sua empresa pode contar com ela para otimizar resultados ou não. Sua empresa é B2B e investe em ações de marketing nas redes sociais para a geração de leads? Comente o post e compartilhe sua experiência com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *