Porque conteúdo notável aproxima sua empresa do seu público?

cabecalho banco de conhecimento

mini inicioNa linha da nossa discussão em torno da distribuição de bom conteúdo, vamos falar um pouco mais sobre porque essa prática realmente funciona para atrair e manter proximidade com possíveis clientes. Algumas dicas e linhas de análise propostas pelo blog da Inbound, empresa com atuação em marketing digital – no artigo “Porque o conteúdo é rei?” – traz dicas e reflexões interessantes sobre o tema. Acompanhe:

“Primeiro, um conteúdo notável atrairá links de outros sites apontando para o seu. Ou seja, queremos que outros geradores de conteúdo na internet sejam induzidos a gostar do que você faz e consequentemente linkar de volta para seu site. Cada link desses é importante porque os links mandam visitantes qualificados para seu site e ainda indicam ao Google quão interessante é seu site para rankear em  determinadas palavras-chave, a ponto de outros sites também apontarem para o seu.

Segundo, um conteúdo notável é muito fácil de se espalhar nos sites da mídia social, como Twitter, facebook, YouTube, entre outros .

Para se aproveitar desses 2 fatores, sua empresa deve se comportar como uma fábrica de geração de conteúdos notáveis. Cada parte desse conteúdo deve ter links para ser encontrado por esses sites e também pelo Google, bem como através dos sites da mídia social.

A melhor coisa de um conteúdo notável, com diversos links, é que estes links não desaparecem jamais. São para sempre!!!!  Quanto mais conteúdo você produzir mais tráfego de qualidade você atrairá para substituir o tráfego gerado por seu antigo conteúdo.

Um conteúdo notável se comporta exatamente ao contrário de uma campanha PPC, onde você paga e tem que continuar pagando para ter mais visitantes. Ele é uma benção que não se acaba. É só continuar abastecendo sua audiência que ela lhe trará resultados.

A dica aqui é um conteúdo que possa facilmente ser criado e espalhado pela rede, como por exemplo:

– Artigos em Blogs, com tópicos de interesse no seu mercado.

– Vídeos curtos de 2 a 3 minutos sobre assuntos de seu mercado. Vídeos de seus produtos e serviços são bons também, mas não se espalham tão facilmente

– Web Seminários, com apresentações online

– White papers para educar seu mercado sobre tendências, desafios, conquistas etc… Nunca fale sobre seus produtos

– Podcasts com programas de cerca de 10 min, tipo rádio, ou entrevistas com pessoas influentes no seu mercado.

Uma coisa é certa; quanto mais conteúdo relevante você disponibiliza, mais links de qualidade você conseguirá. Afaste-se da antiga idéia de guardar a sete chaves seu conhecimento; Compartilhe-o e você só terá a ganhar.

Até 10 anos atrás, o sucesso de seu marketing dependia da largura de sua carteira. Hoje depende da largura de seu cérebro. Não é mais necessário gastar uma baba em reais para interromper seus possíveis consumidores com sua propaganda. Ao invés disso crie um conteúdo notável, otimizado para mecanismos de busca, leitores RSS e sites de mídia social, publique esse conteúdo, divulgue-o na blogosfera e na mídia social e meça o que está funcionando ou não.

Finalmente, acompanhe seu progresso. Como? É simples.

Veja o número de sites que linkam seu site de volta. Cada vez que um site linka para você ele indica que seu site é notável, relevante. É como aquele papo de estradas em São Paulo e Tabatinga, onde cada link é como uma nova estrada que leva as pessoas à sua cidade, habilitando mais e mais pessoas a encontrar seus produtos e serviços.

Veja o número de vezes que seu site é marcado em serviços de Bookmark, como o Delicious, que em suma é igualzinho à ferramenta de Favoritos que você tem no seu browser, só que é online. Analisando o número de pessoas que marcam seu site em serviços como esse, é possível perceber se seu conteúdo está agradando ou não. Se ninguém está marcando você nos favoritos é hora de repensar sua proposta de valor. Se houver um aumento no número de bookmarks, isso significa que as pessoas cada vez mais acham seu conteúdo relevante e querem retornar a ele.

Veja o número de páginas de seu site que estão sendo indexadas pelo Google e esteja pronto para ser servido numa bandeja como a notícia da hora para um buscador ansioso. Quanto mais páginas de seu site estiverem indexadas ao Google, maior a possibilidade de rankear para várias palavras -chave.

Aconselho uma ferramenta ótima para fazer essas medições: O Websitegrader, da Hubspot, que fornece todos esses números relativos ao seu web site, em relatórios gratuitos.

E vocês, como têm feito para gerar e distribuir seu conteúdo?”

Essa pergunta deixada pelo autor do texto, Luiz Carlos Conte, é uma boa pedida para o nosso debate aqui no Mundo Iva. Conte-nos sobre a sua experiência. Participe! E se você está precisando de bom conteúdo, conte com o serviço da Iva

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *