Relacionamento online a favor da sua empresa

A presença cada vez mais necessária das empresas nas redes sociais, bem como o fundamental desenvolvimento de canais de relacionamento online exigem estratégias específicas e acertadas de relacionamento com os clientes. Em entrevista ao Portal HSM, o publicitário Rodrigo Esteves, diretor de criação da agência Razorfish, garante que esse conjunto de ferramentas pode sim atuar a favor da sua empresa e traz dicas sobre como trabalhar esses canais visando construir relações favoráveis com os consumidores.

Ele cita, por exemplo, que toda essa rede online de relacionamento tem sido utilizada como ferramenta estratégica fundamental por algumas das empresas mais inovadoras do mundo, como Google e Amazon. “A evolução é realizada em total sintonia com o feedback do usuário. Essa cultura do ‘always beta’ tem possibilitado a criação de produtos em total sintonia com o desejo dos consumidores”, assegura o especialista na entrevista publicada pelo HSM.

Rodrigo Esteves também defende que as empresas aproveitem os canais online para lançar produtos e simultaneamente recolher impressões dos clientes com vistas a aprimorar o mix, tornando a oferta da empresa mais próxima do desejo do consumidor. Nesse sentido, Esteves cita o exemplo do Reclame Aqui, que atualmente é utilizado por muitas empresas para estreitar o relacionamento com o cliente, a partir do desenvolvimento de páginas dentro da plataforma.

O crowdsourcing é outro bom case mencionado pelo especialista, com referência ao trabalho da agência de publicidade americana Victor&Spoils. “Eles possuem um banco de criativos ao redor do mundo, que recebem briefings das campanhas. As idéias são triadas pelos líderes da agência e as melhores são recompensadas financeiramente. Dessa forma a agência economiza na folha salarial e conta com um departamento remoto com milhares de criativos ao redor do mundo”, comenta Esteves.


O publicitário também faz questão de ressaltar que é fundamental a existência de um planejamento consistente e de um trabalho de coleta de dados que qualifique o cliente e a informação recolhida; o que exige metodologia, atividade contínua e especialização. “No caso de redes sociais é preciso ter também um profissional especializado (Social manager) que irá realizar triagens e imputar no sistema as informações relevantes conforme matriz pré-estabelecida. A partir da metodologia estabelecida e aplicada, as percepções pontuais que não refletem a opinião da maioria serão facilmente identificadas’, orienta Rodrigo Esteves.

A partir disso, na visão do especialista, cada empresa deve avaliar os próximos passos para fazer com que os dados colhidos possam aprimorar produtos e serviços e até mesmo alavancar novos negócios. Para o publicitário, as indicações dos consumidores tanto podem gerar melhorias diretas, quanto estimular a empresa a implementar grupos de discussão ou usar o chamado Beta Tester; convidando grupos de consumidores para usar e opinar sobre os produtos.

Com informações do Portal HSM

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *